Notícias

Comunicados

Exercício ilegal em Volta Redonda

04/05/2012

Na última quinta-feira (03/05), a equipe de fiscais esteve – no período da tarde e da noite – em Volta Redonda município do Sul Fluminense, e flagrou três pessoas não habilitadas ministrando exercícios físicos.
Os profissionais não possuíam o registro no CREF1, como determina a Lei 9696/98 que regulamenta a profissão de Educação Física. E que medidas são tomadas no flagrante do exercício ilegal?
“É lavrado um termo de fiscalização, em que o falso professor é autuado por exercício ilegal da profissão. Em seguida, este termo será representado junto ao Ministério Público (MP). O exercício ilegal da profissão é tipificado como uma contravenção penal, do Decreto Lei 3688/41, art. 47, com pena de 15 dias a três meses ou multa.”, explica Bethânia Soares, supervisora de Fiscalização do CREF1 RJ e ES.
Somente o profissional responde pela ilegalidade?
“O Responsável Técnico do estabelecimento também é notificado por infringir o que dispõe a Resolução do CONFEF 134/07 e o código de ética profissional por permitir uma pessoa não habilitada à frente das atividades físicas”, encerra Bethânia.
No total 29 estabelecimentos foram fiscalizados nesta quinta-feira, com a realização de 10 orientações e solicitações de registro de Pessoa Jurídica (PJ), e ainda a averiguação de seis denúncias. Escolas, academias, projetos e um studio receberam a visita da equipe do CREF1.
Faça você também a sua parte, denuncie as irregularidades na profissão ligando para o Disque-denúncia (21) 2567-0789 – Rio de Janeiro e (27) 3227-1622 – Espírito Santo, ou denuncie pelo site.

Outras notícias:

Comunicado

Comunicado – Feriado Carnaval

Fiscalização

Flagrada falsa profissional em academia do município de Queimados

Informes

CREF1 assume cadeira no Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa em Paracambi

Comunicados

Falso profissional é flagrado durante aula de natação no mar no Município de Rio das Ostras

Comunicados

Nota de Falecimento

Fiscalização

CREF1 flagra exercício ilegal em aula de futsal no município de Pinheiral