Notícias

Comunicados

Professor Pável: A trajetória de um homem refletida na água

21/08/2019

O amor é capaz de atravessar o tempo, um combustível indispensável para continuar uma jornada, sentimento esse que norteia o trabalho do profissional de Educação Física Roberto de Carvalho, ou simplesmente Pável, ao longo dos 40 anos com Natação. Mineiro natural de Prata, ele veio para o Rio de Janeiro em 1953, inicialmente para fazer Arquitetura, mas conheceu a Educação Física e se apaixonou pela profissão. Ele, inclusive, foi o introdutor do nado Golfinho no mesmo ano.

Pável acompanhou a ascensão da Educação Física como quem acompanha o nascimento e crescimento de uma pessoa. Entre as décadas de 70 a 80, os amigos da faculdade e ele fizeram um abaixo-assinado para pleitear a regulamentação da profissão. “Surgiram as academias e teve um boom na década de 80. O CREF foi fundamental para regulamentar e fiscalizar o exercício da profissão”, ressalta.

Formado em Educação Física desde 1958 pela Universidade do Brasil (atual UFRJ), o professor examina o cenário do ensino superior brasileiro. Além da graduação, em sua extensa bagagem constam duas pós-graduações, uma em Metodologia do Ensino Superior, na PUC-Rio (1975), e outra em Treinamento de Alto Nível, em Moscou (1991), mas prof. Roberto foi além. Com a ajuda do doutor Cláudio Gil, fisiologista e especialista em Medicina do Esporte, criou dois métodos, o “Speed-teste” e o “Flexiteste”. O último permite a medida da flexibilidade de 20 movimentos articulares, em uma escala crescente de números inteiros entre 0 e 4, e a obtenção de um resultado global denominado de Flexíndice.

Casado há 25 anos, Pável mora com a esposa e seu cachorro em um apartamento na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Sua rotina se divide entre dar aulas, ministrar palestras e fazer hidroginástica. Segundo ele, para manter a mente e o corpo sãos é importante gostar do que faz. “Eu ministro 10 horas de aula no sábado e mais 10 horas de aula no domingo de pós-graduação e saio satisfeito pois para mim não é um trabalho”.

Com a rotina de trabalho intensa, Roberto desenvolveu Geno varo e Artrose, por conta das quais precisou colocar próteses em ambos os joelhos, e não dispensa cuidados com a saúde. “Eu vou começar a fazer natação, porque ganhei um pouco de peso. Minha alimentação é saudável. Tomo remédio para ajudar a controlar a pressão arterial. Mas quando eu faço exercícios com frequência, minha pressão diminui”, afirma.

Pável não tem problemas com a sua idade. Ele entende o processo da vida e incorpora um dos elementos da natureza, a água, para promover a saúde e o bem estar. Sua meta é envelhecer com qualidade, preservando o respeito e a amizade. “Eu procuro não ter conflitos. Meu maior objetivo é morrer e saber que eu deixei um legado.  A vida é maravilhosa quando se pensa sempre em fazer o bem. Eu quero morrer sem deixar inimigos”, completa.

Outras notícias:

Fiscalização

Fiscalização realiza operação conjunta com Vigilância Sanitária no município de Campos dos Goytacazes

Fiscalização

Fiscais flagram falso profissional durante aula de alongamento no bairro da Penha

Fiscalização

CREF1 flagra exercício ilegal em aula de Treinamento Funcional em Santa Cruz

Fiscalização

Fiscais flagram 3 exercícios ilegais em uma academia no município de Belford Roxo

Comunicados

Fiscais flagram exercício ilegal em aula de ginástica localizada no município de Petrópolis

Informes

Profissionais do corpo Docente do CREF1 participam no CONNECTION 2024